• sáb. set 25th, 2021

NOTÍCIAS QUE FAZEM BEM

Porque o bem merece cometários

Aluna de medicina que nasceu sem mão consegue R$ 110 mil e compra prótese

Bydaianelealcosta

jan 7, 2021

07 janeiro de 2021

Mais uma vitória da estudante de medicina Danielle Almondes. A jovem de 26 anos que tem agenesia do membro superior esquerdo – nasceu sem a mão esquerda – conseguiu os R$ 110 mil necessários para comprar a prótese que precisa para estudar e trabalhar.

Danielle, que mora em Mantena, no interior de Minas Gerais, arrecadou R$ 87 mil numa vaquinha online. Mas como o valor da prótese ia ser reajustado no final do ano passado, os pais dela venderam o carro da família para inteirar o restante e garantir a encomenda antes do aumento.

Danielle conseguiu fazer o pedido e aguarda ansiosa a chegada da mão biônica. Até lá, ela espera conseguir dinheiro para devolver aos pais os quase R$ 23 mil que eles investiram.

A necessidade

A estudante do 7º período disse em entrevista ao SóNotíciaBoa que desde criança “sempre soube lidar muito bem com isso [não ter uma das mãos] e fazer de tudo”, até que entrou na UFJF-GV – Universidade Federal de Juiz de Fora campus Governador Valadares.

“Desde que eu entrei na faculdade […] passei a sentir a necessidade da prótese pra conseguir realizar principalmente os procedimentos práticos do curso, como a sutura, que, hoje, eu preciso sempre ter uma outra pessoa me auxiliando pra conseguir realizá-los”, afirmou.

Vakinha

Em setembro do ano passado, depois de encontrar a prótese ideal para o caso dela, Danielle abriu uma vaquinha no Vakinha para arrecadar os R$ 110 mil reais necessários.

“Compartilhei minha história nas minhas redes sociais e, desde então, teve uma repercussão que eu não esperava. Graças a Deus hoje eu já arrecadei grande parte do valor, 87.578,00… Faltando, então, 22.422,00”, dinheiro que os pais dela completaram com a venda do carro da família e Danielle quer devolver a eles.

“Vou manter a Vakinha aberta pra conseguir arrecadar o que ainda falta, pouco mais de R$ 22 mil”, disse.

Expectativa

Agora a jovem estudante, que desde pequena sonha em ser médica, conta os dias para receber a prótese, que deve chegar até o final do mês.

Animada, Danielle quer ser médica para ajudar pessoas, possivelmente as que também nascem com agenesia, como ela.

“Já pensei muito sobre o assunto. Até mesmo em, quem sabe, fazer estudos sobre isso futuramente […] Gosto muito de medicina. Meu sonho sempre foi poder ajudar!”, concluiu.

Para ajudar a Danielle no dinheiro que falta, clique aqui.

Danielle bebê - Foto: arquivo pessoal
Danielle bebê – Foto: arquivo pessoal
Danielle Almondes - Foto: arquivo pessoal
Danielle Almondes – Foto: arquivo pessoal
Danielle na faculdade - Foto: arquivo pessoal
Danielle na faculdade – Foto: arquivo pessoal

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa

Deixe uma resposta