• sex. jun 18th, 2021

NOTÍCIAS QUE FAZEM BEM

Porque o bem merece cometários

Empresas doam dezenas de cilindros de oxigênio e toneladas de insumos a hospitais de Manaus

A situação nos hospitais de Manaus é caótica para pacientes e profissionais de saúde devido à falta de insumos básicos. Felizmente, algumas empresas decidiram ajudar, como Multilaser, Samsung e Philco.

A Multilaser, parceira do Razões que ajudou a dar um final feliz a muitas histórias, doará 10 mil máscaras cirúrgicas profissionais e 5 mil kits completos de macacão cirúrgico aos profissionais de saúde de hospitais públicos de Manaus.

A empresa possui uma fábrica com 500 colaboradores na cidade e se sentiu na obrigação de ajudar.

“Estamos acompanhando com muita preocupação o drama que está acontecendo em Manaus, com a falta de insumos essenciais para combater a Covid-19. Sentimos na responsabilidade de fazermos nossa parte urgente e imediatamente”, diz Alexandre Ostrowieck, CEO da Multilaser.

Empresas doam dezenas de cilindros de oxigênio e toneladas de insumos a hospitais de Manaus 1
Foto: Reprodução/Multilaser

São duas toneladas de produtos que sairão da fábrica da empresa em Extrema (MG) rumo à Manaus. Os insumos serão entregues à Secretaria de Saúde, que fará a distribuição para os hospitais públicos da cidade.

“Esperamos que essa pequena contribuição possa ajudar os profissionais de saúde que estão trabalhando no front mais importante que existe”, conclui Ostrowieck.

Empresas doam dezenas de cilindros de oxigênio e toneladas de insumos a hospitais de Manaus 2
Foto: Reprodução/Multilaser

A Samsung também está fazendo a sua parte. Com exclusividade para o Razões, a empresa comunicou a doação de 10 cilindros de oxigênio para hospitais de Manaus na quinta (14).

Empresas doam dezenas de cilindros de oxigênio e toneladas de insumos a hospitais de Manaus 3
Foto: Reprodução/Samsung

E deixou à disposição do Governo do Amazonas mais 750 metros cúbicos, equivalente a 75 cilindros, para serem retirados quando necessário.

Já a Philco decidiu doar 100% de seu estoque atual de oxigênio, utilizado para a fabricação das linhas de ar-condicionado da empresa, ao Governo do Amazonas.

São 608 mil litros de oxigênio para a Secretária de Saúde reabastecer os cilindros das unidades de atendimento a pacientes em tratamento contra a Covid-19.

Legalmente, Samsung e Philco tem direito à indenização do Estado. Isso ocorre quando o Estado requer bens privados. Presente na Constituição Brasileira, a medida prevê que as empresas sejam indenizadas depois.

Mas não quer dizer que as empresas solicitarão o pagamento.

Demais, gente! É sempre muito bacana ver empresas se posicionando a favor da vida!

16 janeiro de 2021

Por Daniel Froes, do Razões para Acreditar.

Deixe uma resposta