• ter. jun 22nd, 2021

NOTÍCIAS QUE FAZEM BEM

Porque o bem merece cometários

A comida está para o corpo como a informação está para a mente. A informação que absorvemos transforma-se em emoções, pensamentos, ações e comportamentos. As consequências das informações que consumimos poderão ser menos visíveis, mas são igualmente poderosas.

No livro “You are What you Read”, Jodie Jackson lançou um olhar crítico sobre os ciclos noticiosos predominantes nos media, as histórias que neles são incluídas e o efeito que essas mesmas histórias (muitas delas negativas) têm em nós enquanto indivíduos e sociedade. 181 páginas depois, o livro deixava um pedido muito simples: não vamos ignorar as notícias negativas. Em vez disso, vamos sim escolher não virar a cara às notícias positivas. Porque elas existem – e são extremamente importantes. Sobretudo nos momentos mais desafiantes da nossa vida (como o que estamos a viver atualmente).

Dúvidas restassem de que as pessoas procuram uma perspectiva cada vez mais optimista, as pesquisas por “boas notícias” no Google atingiram um pico em Março deste ano, e a tendência não abrandou. E são tantas as notícias positivas e inspiradoras relacionadas com a própria pandemia. Histórias de pessoas que estão a apoiar os seus vizinhos numa altura de crise, ou a juntarem-se virtualmente e de forma segura para ajudar os outros. Por exemplo, vizinhos que se voluntariam para fazer compras para os mais idosos. Ou comunidades e bairros que se estão a reunir para ajudar hospitais, médicos e enfermeiros, de todas as formas que conseguirem. Histórias que fazem toda a diferença na nossa dieta mental. Se só consumirmos as coisas más, não nos vamos sentir bem, só nos vamos sentir tristes e desmotivados. Se nos nutrirmos com a bondade que existe no mundo, se nos nutrirmos com histórias felizes e inspiradoras, vamos sentir-nos positivos, elevados e inspirados!

Nesta altura e em virtude da incerteza que sentimos é perfeitamente normal sentirmos alguma ansiedade. Aquilo que devemos fazer para reduzir essa ansiedade é filtrarmos com todo o cuidado toda a informação que consumimos. É fundamental recebermos doses diárias de optimismo e positividade.

Normalmente procuramos por boas notícias na televisão, nos jornais, na internet, mas na grande maioria das vezes as pessoas, em si, são as boas notícias. Independentemente do sítio onde estamos, ou das circunstâncias, nós somos capazes de ser e criar boas notícias.

A magia das boas notícias é a capacidade que têm de criar uma onda de positividade!

Tente por isso trazer a cada um dos seus dias notícias positivas e que lhe nutram a mente.

Para isso a sugestão de seguir um site que partilha apenas as notícias que fazem bem:

31 janeiro de 2021.

Deixe uma resposta