• dom. jun 20th, 2021

NOTÍCIAS QUE FAZEM BEM

Porque o bem merece cometários

Colegas que estudaram juntos há 20 anos se unem para ajudar amiga em depressão

Bydaianelealcosta

fev 2, 2021

Sobre amizades verdadeiras, que o tempo não apaga. Ex-colegas, que fizeram faculdade juntos em 2003, se reuniram agora e criaram um verdadeiro movimento para ajudar a amiga Leandra Vianna Ferreira, de 36 anos, que estudou com eles e está doente, passando necessidades.

Os ex-estudantes da faculdade de Comunicação Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) descobriram que a amiga, formada em jornalismo, está desempregada, em depressão profunda – que levou a uma síndrome psicossomática – morando de favor na casa de parentes em São Gonçalo, no Rio de Janeiro e lutando para conseguir um tratamento psicológico.

Sabe o que eles fizeram? Se organizaram e agiram!

Os amigos, que mantêm até hoje um grupo no WhatsApp, rapidamente se dividiram em tarefas para levantar dinheiro para Leandra.

Primeiro fizeram uma rifa oferecendo ao ganhador um final de semana de estadia no Hotel Fazenda Vale Encantado, de propriedade da família da jornalista Camila Dantas, uma das amigas de Leandra.

Solidariedade

Eles conseguiram vender os 100 números da rifa em apenas um dia e a ganhadora, a também jornalista Alessandra Ribas, abriu mão do prêmio para que outra rifa fosse organizada e conseguisse mais dinheiro para ajudar a Leandra.

Na mesma semana, a jornalista Thais Moraes conseguiu tratamento psicológico gratuito com uma amiga dela, a psicóloga Marcia Defelippe, para cuidar da Leandra.

E não parou por aí.

Vakinha

Como eles sabem que os pais deixaram uma casa inacabada para Leandra, os amigos abriram uma vakinha para que ela consiga terminar as obras e ter seu próprio local para morar e se recuperar.

A vakinha pede R$ 30 mil e arrecadou pouco mais de R$ 3.400 até o fechamento desta matéria.

“Já planejamos novas rifas e outras ações para conseguirmos arrecadar mais dinheiro. Mas, ainda estamos longe do valor necessário para construir um novo lar para Leandra, que também precisa ser acessível, já que hoje ela está semi-acamada e com mobilidade reduzida”, contou a relações-públicas Roberta Lessa, idealizadora da primeira rifa.

Ela disse que toda ajuda é bem-vinda: “com doação direta ou até mesmo em forma de cimento, piso, tinta. Todo apoio nos coloca mais próximos da recuperação da Leandra”, disse.

Para ajudar na vakinha da Leandra clique aqui.

Outras informações da campanha e fotos da casa estão na página da campanha no Instagram.

Leandra morando de favor - Foto: arquivo pessoal
Leandra morando de favor – Foto: arquivo pessoal

02 fevereiro de 2021

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa

Deixe uma resposta