• ter. jun 22nd, 2021

NOTÍCIAS QUE FAZEM BEM

Porque o bem merece cometários

Em 15 anos, indiano transforma ‘deserto’ em pomar com mais de 10 mil árvores

Bydaianelealcosta

mar 11, 2021

Parecia mais uma daquelas missões impossíveis, mas Satyendra Gautam Manjihi provou que somos nós quem criamos nossos próprios limites. O indiano transformou uma área desértica em um pomar com mais de 10 mil árvores.

Satyendra, da aldeia Imaliyachak, no estado de Bihar, começou o plantio das árvores 15 anos atrás, inspirado pelo “homem que moveu uma montanha”, Dashrath Manjhi. Hoje, onde não existia qualquer vestígio de vida, pulsa um mar verde!

“Dashrath Manjhi me disse para plantar um pomar nesta área. Naquela época, este lugar era árido e deserto e havia apenas areia por toda parte. Foi muito problemático no começo. A água teve que ser trazida para cá em um vaso para as plantas”, conta Satyeandra.

pomar goiabeiras
O pomar de Satyendra é formado predominantemente por goiabeiras. Foto: ANI

Eventualmente, os animais da região destruíam as mudas que Satyendra plantava. A solução foi cercar a área com arbustos espinhosos, mantendo os animais longe do pomar.

Inspiração

Dashrath Manjhi não é conhecido como o homem que moveu uma montanha por acaso. Sozinho, usando um martelo e um cinzel, abriu um caminho de 110 metros, ligando os vilarejos de Atri e Wazirganj. O ‘mentor’ de Satyeandra reduziu a distância de um lugar ao outro de 55 km para 15 km. Foram 22 anos de trabalho árduo para concluir a obra.

“Estou profundamente inspirado por Dashrath Manjhi. Uma vez ele me visitou em casa e me pediu para plantar as árvores aqui. Então, aceitei essa tarefa”, lembra.

Em 15 anos, indiano transforma 'deserto' em pomar com mais de 10 mil árvores 2
Satyendra foi inspirado por Dashrath Manjhi, o “homem que moveu uma montanha”. Foto: ANI

Reconhecimento

Satyendra Gautam Manjhi possui mestrado pela Magadh University. Assim que o Ministro Chefe de Bihar soube de sua contribuição para o meio ambiente, o nomeou para a Comissão de Proteção à Infância. Atualmente, Satyendra é membro do Conselho da mesma instituição, ao mesmo tempo que cuida do pomar, formado predominantemente por goiabeiras – as frutas são comercializadas na região.

Satyendra e Dashrath não são os únicos indianos que realizaram feitos impressionantes. Fecho um trio com Loungi Bhuiya. Morador da mesma região que Satyendra e também inspirado por Dashrath, ele escavou um canal para levar água à sua vila.

Fonte: The Hindustan Times

Deixe uma resposta