• sex. jun 18th, 2021

NOTÍCIAS QUE FAZEM BEM

Porque o bem merece cometários

Aos 81 anos, homem chora ao ler um livro pela primeira vez e se apaixona pela literatura

Bydaianelealcosta

mar 24, 2021
Seu Antônio leu seu primeiro livro em dezembro de 2020. Agora, o pai de uma família de leitores aderiu ao hábito e não para mais de ler.

Antônio Batemarque Neto se emocionou ao ler seu primeiro livro aos 81 anos de idade. Segundo sua filha Nuza, dona da página do Facebook “Eu amo leitura”, seu Antônio chorou como uma criança e disse que não imaginava que ler pudesse ser tão maravilhoso. Assim, ele pediu mais livros e agora devora um box da Agatha Christie, a rainha do crime.

A esposa de Antônio, Edmea Batemarque, conta que o marido nunca se rendeu aos prazeres da leitura. Ela, contudo, sempre gostou, tanto que passou o costume aos filhos e aos netos. Porém, ao final de 2020, a família fez uma viagem para a praia. Por causa da pandemia de covid-19, eles passaram muito tempo em casa. Dessa forma, Antônio aceitou o pedido da filha e leu “O Menino dos Livros”, de Suetônio Junior. Foi paixão à primeira lida.

O novo vício de seu Antônio são os livros de Agatha Christie. De acordo com Edmea, ele já está terminando o primeiro box da autora e já está com um segundo separado para ler. Foto: Arquivo Pessoal/ Reprodução.

Apoio da família e dos internautas

O casal é aposentado, mora na capital paulista e não pode sair de casa devido à pandemia de covid-19. Desse modo, Edmea afirma que o marido passou a aproveitar o tempo livre lendo. “A partir desse primeiro livro, ele pediu para nossa filha se ela poderia trazer outros. Ela trouxe um box da Agatha Christie, com três livros, e ele agora não para de ler mais!”, relata.

A história foi parar na página “Eu amo leitura” e recebeu mais de 12 mil curtidas e 700 compartilhamentos. Nos comentários, muitas pessoas se emocionaram com a história de Antônio. Além disso, os usuários também relataram casos parecidos em suas famílias. Elenara Maganha, por exemplo, contou que a mãe de 72 anos lê muito e de tudo – desde Machado de Assis até Harry Potter. Mesmo que só tenha concluído o primário, isso não a impede de seguir firme na paixão literária.

Para o seu Antônio, começar a ler foi uma conquista muito boa. “Desde o primeiro livro que minha filha me deu, eu gostei muito. Cada vez eu leio mais e o meu gosto só aumenta”, declara. Sua esposa admite estar eufórica com a situação, pois agora a família toda está unida pela leitura. Os filhos e netos, segundo ela, também estão muito felizes.

Deixe uma resposta