• qua. jun 23rd, 2021

NOTÍCIAS QUE FAZEM BEM

Porque o bem merece cometários

Filha de diarista e cobrador de ônibus é aprovada em Medicina na USP e Unicamp aos 21 anos

Bydaianelealcosta

abr 1, 2021

De Paulínia, interior de São Paulo, para o mundo, a estudante Monaliza Ávila, 21 anos, foi aprovada em Medicina após concorrer com mais de 34 mil estudantes de todo o Brasil. Sua origem humilde não a impediu de realizar seu grande sonho de passar na Unicamp.

Durante a adolescência, Monaliza cursou o ensino fundamental em uma escola estadual e o ensino médio em colégio municipal de Paulínia. Depois, fez a Prova de Bolsas do Anglo Paulínia e conseguiu uma bolsa de estudos para cursar o Extensivo Pré-Vestibular da escola e, futuramente, cursar Medicina.

Após 4 anos de cursinho, 3 deles na “Turma MED”, modalidade voltada para quem quer ingressar no curso, a jovem humilde foi aprovada em Medicina. “Nós não teríamos condições de pagar todos esses anos de cursinho sem a bolsa, somos muito gratos a Deus e à escola, e muito orgulhosos da nossa filha”, diz Adriana Barbosa Ávila, mãe de Monaliza.

Rotina puxada

Antes da pandemia de Covid-19, Monaliza ia para a escola às 7h da manhã e saía de lá às 22h. “Eu vivia dentro do quarto estudando. Acordava e ia dormir estudando. Minha mãe vivia brigando comigo, falando para eu sair um pouco do quarto”, lembra a estudante.

Apesar de nunca terem se formado no ensino médio, sua mãe, que trabalha como diarista, e seu pai, que é cobrador de ônibus, sempre apoiaram a jovem a continuar estudando para realizar o sonho da Medicina.

Antes de passar na Unicamp, Monaliza foi aprovada em Medicina em várias universidades federais e estaduais, como a UFMA (Universidade Federal do Maranhão), a UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), a UESPI (Universidade Estadual do Piauí), a UFBA (Universidade Federal da Bahia) e a USP (Universidade de São Paulo).

“Essas aprovações ao longo dos anos foram me incentivando a não desistir do meu sonho, mas nunca quis deixar meus pais e sair de casa, até porque fora daqui teria despesas com moradia e alimentação que eles não teriam condições de bancar”, conta a jovem.

Parabéns pela garra, Monaliza! Você é sortuda demais pelos pais que tem 🥰👏

Fonte: Anglo Paulínia

 

Deixe uma resposta