• ter. jun 22nd, 2021

NOTÍCIAS QUE FAZEM BEM

Porque o bem merece cometários

Jovem hindu cria ONG nos EUA que acaba com o frio de pessoas carentes

Bydaianelealcosta

abr 6, 2021

O jovem Ashis Dhakal, 18 anos, saiu de um campo de refugiados no Nepal em direção a Utah (EUA). Chegando no novo país, o rapaz encontrou preconceito e bullying, mas não perdeu a vontade de ajudar os cidadãos do país que o recebeu.

Para Dhakal, é importante manter suas raízes do hinduísmo, que prega amor e serviço ao próximo. Seguindo este pensamento, o imigrante decidiu criar a Coleta de Roupas Ashis – organização responsável por recolher e distribuir doações entre os que precisam.

“Eu sofri bullying na escola… eles me chamavam de terrorista e coisas do tipo. Eu pratico o hinduísmo e no hinduísmo servir é muito, muito importante. Porque, você sabe, nós somos ensinados a dar. Mesmo que você não tenha nada, tentamos dar o máximo que pudermos“, contou o jovem ao canal americano NBC.

Símbolos do hinduísmo
Foto: Pixabay / Barbara Mack

A ideia de Dhakal surgiu alguns anos atrás. Enquanto estava limpando a mesa do restaurante de uma rede de fast food em que trabalhava, o jovem conversou com um rapaz sem-teto que explicou como se tornou uma pessoa em situação de rua.

Durante o papo, Dhakal percebeu que uma das necessidades daquele homem eram roupas. Desta forma, em 2019, a Coleta de Roupas do Ashis teve sua primeira ação para a comunidade distribuindo meias, gorros, jaquetas, casacos e até sapatos.

Infância pobre fez enxergar a si mesmo nos ajudados

Menino carregando roupas
Ashis Dhakal conseguiu recolher 3 mil casacos com apoio do empresário Mark Cuban. Foto: reprodução/Comcast

De origem humilde, Dhakal passou por adversidades parecidas com os assistidos pelo seu projeto. E para o jovem, a grande razão de estar ajudando é saber como é a realidade do outro lado.

“O grande porquê na minha vida é que, quando eu era criança, atravessando a pobreza, eu estava na mesma situação que eles estão agora. Eu tenho uma casa. Eu tenho computador. Eu tenho telefone. Mas pensei nisso: estas crianças continuam sofrendo.”

Agora, o objetivo de Dhakal é montar uma empresa multimilionária para doar seus lucros e ajudar outras pessoas. Para este ponta pé, a NBC conseguiu um encontro entre o jovem e o empresário e integrante do programa “Shark Tank” Mark Cuban.

O bilionário americano deu a meta para Dhakal de recolher 575 casacos. Entretanto, após passar o contato da responsável pelo lar de refugiados de Utah, o jovem recebeu cerca de 3 mil agasalhos.

“Eu nunca sonhei em coletar 3 mil casacos, mas Utah fez isso se tornar possível, as pessoas com quem me conectei fizeram isso ser possível. […] Estou muito agradecido e feliz por estar na posição na qual estou para unir a comunidade e causar impacto.”

Apesar de todo o preconceito que sofreu nos Estados Unidos, Dhakal se agarrou à sua fé e continuou pregando o melhor dentro de sua comunidade. Que história de perseverança para um rapaz tão jovem! 👏

 

Deixe uma resposta