• sáb. set 25th, 2021

NOTÍCIAS QUE FAZEM BEM

Porque o bem merece cometários

Transplante inédito de traqueia leva esperança a pacientes intubados por Covid-19

Bydaianelealcosta

abr 7, 2021

O primeiro transplante de traqueia bem-sucedido do mundo poderá ajudar pacientes com Covid-19 que tiveram danos no órgão decorrentes da intubação. O anúncio foi feito por médicos do hospital Mount Sinai, em Nova York (EUA).

Sonia Sein, de 56 anos, foi submetida à cirurgia em janeiro, depois de ficar intubada por várias semanas após um forte ataque de asma em 2014. A cirurgia foi liderada pelo cirurgião e pesquisador Eric Genden.

O que torna o transplante de traqueia uma missão quase impossível é sua delicada estrutura de fornecimento de sangue. Garden descobriu que algumas das artérias que passam pela glândula tireoide e outras que se conectam ao esôfago também fornecem sangue para a traqueia.

médicos reunidos paciente primeiro transplante traqueia mundo
Cirurgia durou 18 horas e contou com participação de 50 especialistas. Foto: Mount Sinai

Sabendo disso, o médico se sentiu seguro para realizar o procedimento inédito em Sein, que respirava por traqueostomia e corria o risco de sufocamento e morte.

Cirurgia delicada

Após 18 horas de procedimento, que envolveu mais de 50 profissionais, entre cirurgiões, enfermeiros, anestesistas e médicos residentes, a paciente está se recuperando bem. Pela primeira vez, em seis anos, a assistente social consegue respirar pela boca.

Ela ainda tem um orifício na garganta, por onde os médicos inserem uma sonda para fazer exames, mas que será fechado em breve.

Apesar de trazer esperança a pessoas que sofreram danos na traqueia por queimaduras, doenças congênitas e intubação, Garden considera que há um longo caminho pela frente até que o transplante de traqueia se torne comum.

Sobre Sein, a primeira coisa que ela deseja fazer com sua nova traqueia é passear na praia e sentir a areia entre os dedos dos seus pés.

Deixe uma resposta