• sex. jun 18th, 2021

NOTÍCIAS QUE FAZEM BEM

Porque o bem merece cometários

Brasileiros vão para o Senegal alfabetizar crianças e desconhecidos os ajudam a abrir escola

Bydaianelealcosta

abr 30, 2021

O casal Carlos de Melo e Débora Pessoa, ambos com 39 anos, saíram do Brasil e foram para Dakar, no Senegal, para ajudar crianças e adolescentes do outro lado do Atlântico. No país, o missionário e a professora de francês decidiram construir uma escola de informática e alfabetização para os senegaleses.

Com muito esforço, empenho e doações, o casal tem levantado a sede do Instituto Dorcas, cujas obras começaram em 2017. O local, que também fornecerá alimentação para seus estudantes, terá a capacidade de receber até 400 crianças e adolescentes.

Porém, para ter autorização do Ministério da Educação do Senegal, o Instituto Dorcas precisa comprovar que poderá se manter aberto por, pelo menos, um ano. Para isso, Carlos e Débora precisarão apresentar um caixa de R$ 90 mil ao órgão do governo senegalês.

Você pode ajudar Carlos, Débora e a entidade a abrir suas portas. Clique aqui e contribua com a vaquinha da VOAA para este lindo projeto!

Início do Instituto Dorcas

Ao chegar ao Senegal, Carlos e Débora, que saíram de Recife (PE), começaram a dar aulas de alfabetização para mulheres adultas e de informática para jovens. O casal reparou, entretanto, que muitas pessoas tinham dificuldade de aprendizado por causa da subnutrição na infância.

Pensando nisso, Carlos e Débora mudaram o direcionamento do projeto e agora desejam lecionar para crianças, desta vez com apoio nutricional correto. A sede da escola ficará pronta ainda no primeiro semestre deste ano e, com a sua doação para nossa vaquinha da VOAA, poderá abrir no início do ano letivo senegalês, em setembro.

Deixe uma resposta