• ter. dez 7th, 2021

NOTÍCIAS QUE FAZEM BEM

Porque o bem merece cometários

Moradores criam ‘muro da gentileza’ para doação de roupas e calçados a pessoas carentes no RJ

Bydaianelealcosta

nov 18, 2021

No último sábado, 13 de novembro, foi comemorado o Dia Mundial da Gentileza.

Um ato gentil desarma até o mais insensível dos corações e é um remédio eficaz contra a indiferença e a falta de compaixão. Atitudes como um abraço, um sorriso ou uma palavra positiva são capazes de mudar completamente o dia de alguém.

Aproveitando a semana, duas boas ações sintetizaram o espírito gentil dos cariocas. No domingo (14), dois garis ajudaram uma mulher a dar à luz no calçadão de Copacabana.

No mesmo dia, em Botafogo, moradores criaram um ponto de doação de roupas na Praça Compositor Mauro Duarte, pendurando uma faixa com a mensagem: “Muro da gentileza: quem precisa, pega. Quem não precisa, deixa”.

Ali mesmo, pessoas que passam pela praça têm deixado roupas e sapatos para doação. Tudo fica exposto e qualquer um que precisa pode pegar, sem qualquer custo.

O Muro da Gentileza vai funcionar de segunda a sexta-feira, das 9 às 18h.

Segundo moradores, as pessoas que se beneficiam das doações geralmente voltam para pegar mais roupas, seja para elas mesmas, seja para conhecidos.

No início desta semana, a faxineira Helena Maria Cabral, 55 anos, que trabalha na Zona Sul no Rio, estava passando pela praça quando viu o muro e decidiu levar algumas peças infantis.

As roupas serão para os netos (ela tem 16!). O mais novo tem 2 anos de idade. “É legal isso aqui, duas semanas atrás peguei até um carrinho de bebê para o meu neto”, relembrou.

Dona Helena mora em Belford Roxo e ficou sabendo do projeto algumas semanas atrás. “Eu estava passando por aqui e vi o pessoal pegando as coisas. Então, peguei um sapatinho para mim”, lembrou.

Pouco depois da faxineira ir embora, foi a vez de Reginaldo da Silva, 59, pegar alguns itens de doação também. Ele, que vive em situação de rua, contou que esta foi a segunda vez que pegou roupas.

A iniciativa foi elogiada. “É uma ação legal, porque quem pode, faz a doação, e quem precisa, pega”.

De acordo com o portal “Extra”, o Muro da Gentileza foi criado por uma moradora de Botafogo, a nutricionista Paula Souza.

Ela afirma que além da doação de roupas, os voluntários também podem deixar itens de higiene, acessórios, alimentos, brinquedos e utensílios domésticos.

Há quase um ano, Paulo e o marido distribuem quentinhas para pessoas em situação de rua. Com a ajuda de amigos, eles investem em ações solidárias por meio de sua rede de solidariedade.

“A gente viu que essa iniciativa do Muro da Gentileza existe e é feita em alguns lugares e tivemos a ideia de fazer ali também, que é um ponto onde circula muita gente”, completou a nutricionista.

Fonte: NE10
Fotos: Hermes de Paula / Agência O Globo

Deixe uma resposta